Primeiros nomes confirmados

GAIKA, Fire!, Black Midi, e Sky H1 no Mucho Flow

Está marcada a viagem que, anualmente, antevê as tendências que ditarão o futuro próximo da música: dia 6 de Outubro, o Mucho Flow regressa a Guimarães. 

GAIKA
  Black midi  FIRE! e SKY H1 são as primeiras confirmações do evento que se tem afirmado como palco para a mostra de alguns dos mais frescos e actuais movimentos musicais nacionais e mundiais.

Explorando os caminhos diversos das música londrina de hoje, GAIKA tem redefinido a paisagem sonora da música negra. Entre Spaghetto, o primeiro longa duração com selo Warp, e o recém editado Basic Volume, tem transportado o som das ruas para um novo espaço, ao mesmo tempo mecânico, escuro, experimental e melódico. Num diálogo constante entre as raízes jamaicanas e a infância passada em Brixton, a música que faz é síntese electrónica com partículas vindas do grime, dance hall, garage, hip hop ou R&B, que transporta “o verdadeiro som de Londres” para um universo digital e alienígena e, por isso mesmo, único.

É da mesma Londres criativa, que fervilha debaixo das crescentes tensões raciais e económicas, que nos chegam os BLACK MIDI. Descritos pela imprensa da especialidade (da Fader à NME) como a melhor banda a tocar ao vivo neste momento em Londres, o enigmático quarteto transformou-se, em apenas um ano, numa das mais faladas e procuradas bandas do underground da capital inglesa. A explicação: um som frenético, inventivo e elástico, que se move, com refrescante originalidade, pelo math, prog e post-punk. Com apenas um single editado, gravado num par de horas em estúdio, o colectivo, que se estreia agora em Portugal, tem vindo a deixar um rasto de actuações memoráveis um pouco por toda a Inglaterra.

Supergrupo sueco liderado por Mats Gustafsson os FIRE! são um dos mais relevantes grupos a descobrir no filão (que parece inesgotável) da música experimental do norte da Europa. Em separado alimentaram os percursos de bandas como The Thing, Tape and Wildbirds e Peacedrums, juntos reescrevem o rock, o free jazz e a música electro-acústica através de uma linguagem improvisada em constante mudança de velocidade. Desde o disco de estreia, que contou com a colaboração de Jim O'Rourke, nome maior do free jazz, até The Hands, o longa duração lançado em Janeiro deste ano, têm aprimorado aquilo que melhor sabem fazer: música que não se entrega aos elementos familiares e apaziguadores de estrutura, melodia e género, mas que antes, cresce, ao ritmo do talento e cultura instrumental de cada um dos seus elementos.

Fechamos o lote de confirmações com o pop ambiental e emocional de SKY H1, novidade belga que conquistou os elogios da indústria com o EPMotione um lugar na compilação Mono No Aware, ao lado de nomes como Yves Tumor, M.E.S.H., HELM ou Pan Daijing.

A 6ª edição do Mucho Flow volta a instalar-se no CAAA em Guimarães para um dia de concertos de selecção ecléctica que, do hip hop, o rock, da electrónica ao free jazz, promove a descoberta, a diversidade e a modernidade.

Os bilhetes encontram-se à venda online por 10 euros.
Mais pontos de venda a anunciar em breve.

Organização: Revolve 
Apoio: Câmara Municipal de Guimarães, Super Bock

Imprensa: saracunha@rvlv.net

Comprar bilhetesEvento FacebookInstagram